Câncer não faz quarentena!

Esse papo é sério! Uma pesquisa on-line feita pelo Oncoguia viu que 43% das pessoas em tratamento tiveram a rotina de cuidados médicos impactada pela pandemia. Isso é MUITO sério!

Vivemos um cenário bem complicado, mas é importante considerar a recomendação das sociedades médicas para manter o acompanhamento e, de forma nenhuma, interromper o tratamento por conta própria. Médico e paciente precisam definir juntos a melhor forma de continuar realizando os cuidados, mas com segurança, claro!

Pensando em alertar sobre isso, a @pfizer.brasil lançou a campanha #câncernãofazquarentena em parceria com a @femama.brasil@oncoguia e @movimentotjcc. Tem um site cheio de informações, vejam só: www.cancernaofazquarentena.com.br

Pra seguir com o tratamento de forma segura, além das recomendações gerais de prevenção (uso de máscaras e a lavagem adequada das mãos), a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) também sugere que os pacientes permaneçam somente o tempo necessário em clínicas e hospitais e evitem contato físico direto mesmo com médicos ou equipe de saúde.

➡️ E se você é cuidador ou familiar de algum paciente em tratamento, anote aí: é recomendado lavar frequentemente as superfícies da casa que são tocadas com mais frequência e o chão próximo à entrada. A higienização de medicamentos e a retirada de calçados do lado de fora da porta, assim como deixar bolsa, carteira e chaves próximos à entrada, também são atitudes importantes. E, se alguém da casa apresentar sintomas de gripe, deverá ficar isolado em um cômodo ou buscar um novo local para ficar em quarentena.

Fonte: Pfizer

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *